por Paulo Bregantin

O afeto que nos afeta

O afeto é, em si, a manifestação de amor, ódio, apego, simpatia, ternura, estima, carinho, dedicação e admiração. Somos todos seres afetivos. 

O afeto nos afeta em todas as áreas de nossas vidas, pois sem afeto não criamos laços e sem laços ficamos à deriva na vida. 

É o afeto que nos remete ao passado e lembranças, sejam elas boas ou más, sejam de felicidade ou de tristeza. 

A partir do afeto construído é que iniciamos o processo de sentimento sobre algo ou alguém. O afeto nos afeta em todas as áreas

É através do afeto que nos emocionamos com as outras pessoas e até com os animais, a sensibilidade tem início no processo de desenvolvimento da afetividade. 

O afeto é construído passo a passo, pois são as ações e reações que nos fornecerão a afetividade entre eu mesmo e os outros, entre eu e o mundo que vivo, entre eu e aquilo que desejo. 

Eu só desejo aquilo que tenho afeto, então, o afeto se torna algo imprescindível no processo de aprendizado para a vida em comum. 

O afeto me afeta na medida que preciso dos outros em minha vida, o afeto me afeta quando aprendi que não posso viver sozinho, o afeto me afeta quando necessito amar e ser amado, o afeto me afeta quando busco a Paz interna e entre as pessoas, o afeto me afeta quando pretendo diminuir o ódio em minha vida, o afeto me afeta quando sinto que preciso de ajuda ou posso dar ajudar, o afeto me afeta quando necessito me sensibilizar com o outro, o afeto me afeta quando preciso ter paciência com os meus familiares, amigos e irmãos, o afeto me afeta quando tenho que decidir sobre algo ou alguém, o afeto me afeta quando preciso respeitar a mim mesmo e ao outro, o afeto me afeta quando preciso me perdoar e perdoar o outro, o afeto me afeta quando necessito mudar a minha vida! 

Somos seres afetivamente afetados pelo afeto! 

Quem entende de afeto, vive mais e melhor! 

Paulo Bregantin

+ artigos

Mais de 25 anos dedicado ao cuidado de pessoas, sendo Psicanalista Clínico e escritor com várias obras publicadas. Atua nas redes sociais como dono, gerenciando a página Paulo Bregantin e o Grupo Psicanálise Integrativa.

facebook /Paulo-Bregantin