por Edson Silva

O que são cargas?

Entendo que nosso maior problema são as cargas, mágoas, frustrações, erros, medos, culpas, rejeições. Tudo isso se junta como um coquetel e se torna uma carga pesada, uma memória que é carregada durante nossa vida, arrastando nosso passado que inconscientemente nos influencia, repetindo padrões de comportamentos em nossos relacionamentos, trabalho, família e em todo nosso cotidiano.

Wilhelm Reich desenvolveu sua teoria sobre a Couraça Neuromuscular do Caráter, partindo da ideia de que todas nossas tensões musculares são um histórico de nossa vida. Um passado que carregamos e que até hoje influencia em nossos movimentos e ações.

 

A carga é formada por eventos e experiências que não foram completamente vividas, experienciadas, finalizadas.

“Como se em um namoro intenso na adolescência, a relação acabou e se iniciou uma dor e um sofrimento, mas para se livrar destas emoções e sentimentos, resolveu fugir e continuar sua vida, mesmo ainda tendo engasgado estes sentimentos. Ao se tornar adulto, sempre que uma situação similar surgir, a tendência é responder da mesma forma, evitando o contato com a dor e o sofrimento e por isso é repetido um comportamento padronizado”.

As emoções e os pensamentos são os meios que as cargas se manifestam, pois achamos que os pensamentos podem solucionar nossos problemas, mas ao invés disso, eles acabam criando ainda mais volume e poder para as cargas, e se torna um círculo vicioso.

“Quando ocorre um problema que temos que resolver, nosso instinto é acionar as memórias de experiências anteriores para não cometer os mesmos erros. Só que em algum momento seu corpo já identificou um padrão de sobrevivência, assim acaba entrando em um círculo vicioso e deixa de experienciar a problemática daquele momento”.

A manifestação desta carga tem que acontecer, vir para a superfície, conscientizando de todas as questões pendentes até se esvaziar completamente. Após esta experiência o sofrimento vai se esfarelando, trazendo a alegria.

Quando identificar o inconsciente fugindo da dor e do sofrimento, é o momento de confrontar as cargas e as dores que elas causam. A fuga exige muita energia e alimenta as cargas sobrevivendo. Ao confrontar as cargas e trazer para consciência, tudo será experienciado e a carga tende a se dissolver por completo.

 

A solução para a dor e sofrimento sempre estará dentro de você, nos casos de desapontamento no relacionamento, onde foi machucado, deve sempre focar dentro de você e ver quais foram os gatilhos, imagens, memórias que foram despertadas. E após ser trazido para a superfície se conscientizando de toda a carga, esta experiência se torna alegria e assim a carga vai embora.

Identifique como sua vida tem sido guiada, se por cargas e experiências passadas que te mantém vivo, sobrevivendo à própria vida. Ou se você próprio tem guiado sua vida, te dando a oportunidade de experienciar grandes conquistas, amores, paixões, dores, sofrimentos e tudo que uma vida tem a te oferecer. Se baseie nesta resposta para promover uma ressignificação de sua própria vida e retomar sua autogestão.

Pense nisso, ok? 

Edson Silva

+ artigos

Psicólogo desde 2007, atende individualmente e em grupo, de uma forma diferente das terapias convencionais, visando sempre o indivíduo como um todo.

Trabalha para que o indivíduo respeite sua natureza, seus impulsos naturais, sua originalidade única, de modo que quem o cerca aja da mesma forma, promovendo uma vida libertária.