por Giovanna Sapienza

Transformações planetárias e sociais - Como se manifestar de maneira positiva

Em meio a tantas mudanças planetárias e sociais, só nos resta fazer uma análise de tudo isso e aprendermos a nos expressarmos e nos posicionarmos de maneira correta e colaborativa. Neste final de semana conseguimos presenciar uma grande manifestação, que englobou não só São Paulo, mas também outras capitais no Brasil afora. Não estamos aqui para emitir uma opinião, muito menos debater a respeito de quem está certo ou errado. A única coisa que vamos falar é a respeito dos limites que cada um pode e DEVE utilizar em momentos como este. Afinal, se realmente você busca uma mudança para você e para a sua comunidade, precisa se preocupar também com a forma que realiza as coisas.
 
Universo Particular
 
Sempre falamos aqui da constituição Divina de nosso espírito. Cada ser é uma manifestação única deste Deus, uma centelha importantíssima para o crescimento e evolução do conjunto. Somos todos uma mesma unidade, e apesar de vivenciarmos experiências individuais, conseguimos perceber como a ação de um único ser influencia uma cadeia ambiental inteira. Ou seja, estamos todos atrelados, precisamos uns dos outros para viver.
 
Em contrapartida sabemos que cada um carrega uma realidade, um universo individual com pensamentos, crenças, vontades e objetivos. Cada um cultivando em seu íntimo suas vivências, aprendizados, vencendo obstáculos e experienciando coisas que só cabem a nós saber e sentir.
 
Sobre tudo isso, quero que você enxergue a importância de cultivar os seus valores e expressar a sua opinião, mas também perceba o quão especial é o posicionamento do outro e como a vivência dele é tão importante quanto a sua. Sim, você tem o total direito de se manifestar, de soltar a voz e dizer tudo aquilo que pensa e sente, mas também tem que respeitar e lutar pelo direito do outro de agir da mesma forma, mesmo que a ideia dele seja contrária a sua.
 
Estamos em um momento muito delicado, e se queremos realmente fazer a diferença precisamos começar cultivando o respeito por TUDO e TODOS. Tome muito cuidado para não incitar a violência e a ofensa gratuita. A partir do momento que desrespeitamos o direito do próximo de existir e agir de acordo com a sua natureza, estamos infringindo uma lei divina, a Lei da Liberdade.
 
Toda ação deve ser pensada e analisada, sempre contando com o respaldo do amor e do respeito mútuo. Mesmo em meio a questões políticas, religiosas e morais (e principalmente sobre elas), precisamos compreender que cada um e cada cultura possui um tempo e um processo de evolução e maturação. Desrespeitar o próximo só porque ele não professa a mesma fé que a sua, segue a mesma orientação política ou não compartilha dos seus valores morais é alimentar a violência, semear o ódio e ir no caminho inverso ao do crescimento. Seja através de diálogos, conversas pelo celular ou pelas redes sociais, busque sempre se posicionar de maneira sadia e equilibrada, evitando xingamentos, palavras grosseiras ou que contenham agressividade.
 
Fanatismo, extremismo e desrespeito são ações que você deve manter bem longe, principalmente se seu objetivo é cooperar!
 
Nova Era, novos comportamentos
 
Estamos passando por uma transformação completa, um momento social muito frágil. Sentimentos e emoções borbulham por todos os cantos, até mesmo nosso interior parece um pouco (ou muito) mexido. Tudo isso faz parte do processo de crescimento, mas precisamos estar conscientes de cada passo e cada ação praticada, especialmente durante este período.
 
Se você realmente quer fazer a diferença, espalhe amor, companheirismo e colocações positivas. Estamos em um momento planetário que necessita de muito  AMOR, muito mesmo. Não deixe de dar a sua contribuição propondo medidas e reajustes, mas sempre carregando consigo palavras e posicionamentos afetuosos, agregadores e nunca separatistas e individualistas.
 
Fazemos parte de um Todo, de um só coração, de um só Criador. Se você quer uma colheita próspera, plante sentimentos e posicionamentos positivos.
 
Faça a sua contribuição de maneira iluminada e consciente!

Giovanna Sapienza

+ artigos

Terapeuta Holística, Jornalista e espiritualista, fundadora do projeto Saber Pleno. Amante de arte, comunicação e natureza, já estuda espiritualidade e novos caminhos para saúde e bem estar há 5 anos. Acredita muito nas relações pessoais, nos processos energéticos e nos bons sentimentos como caminho para uma vida feliz.

Frase de cabeceira: “A dor é inevitável, mas o sofrimento é opcional.”